Mundo

Cegonhas brancas viciadas em junk food preocupam cientistas

As cegonhas brancas de Portugal, conhecidas por seus hábitos migratórios, estão frequentando lixões ondem encontram um excelente cardápio de junk food

Todos os anos as cegonhas brancas voavam para a África em busca de alimento e de temperaturas mais quentes. Nos últimos anos, porém, elas têm ficado em casa, por culpa dos aterros sanitários.

Essa alteração de comportamento frequentemente tem impacto negativo. No entanto, as populações desses bichos só tem feito crescer: cientistas estimam que haja mais de 14 mil cegonhas brancas em Portugal durante o inverno, número dez vezes maior que nos anos 80.

O problema é que essa “fertilidade” coincide com o surgimento de aterros sanitários no país. Os lixões oferecem aos pássaros um amplo e rápido suprimento de alimentos, o que inclui junk food.

Para os pesquisadores, a questão era descobrir se o acesso fácil a esses alimentos estava mudando os hábitos migratórios, ou se era força do aquecimento global.

Sendo assim, uma equipe de pesquisadores monitorou 48 cegonhas com uso de aparelhos de GPS. Mapearam seu posicionamento cinco vezes por dia, em especial quantas vezes visitavam os aterros e quão rápido voavam. As conclusões foram surpreendentes.

Os lixões realmente estavam oferecendo às cegonhas um suprimento de comida para o ano todo. Isso influenciou o local onde elas faziam ninhos, e sobretudo sua zona de atuação.

Os pássaros também estabeleceram mais colônias próximas aos aterros sanitários – os cientistas estimam que 80% das cegonhas passaram a maior parte do tempo perto do lixo, de acordo com o estudo que publicaram na revista científica especializada Movement Ecology.

Nos lixões, as aves comem de tudo. Inclusive o que não deveriam. “Sempre que um caminhão despeja o lixo, os pássaros pegam o que podem”, conta Aldina Franco, da Universidade de East Anglia, no Reino Unido, coautora do estudo.

Entre o que pegam estão pedaços de plástico e mesmo partes de computadores. “Mas o que querem mesmo são restos de comida, como sobras de carne e peixe”, completa Franco.

Fonte: http://www.bbc.com/portuguese

Comentários

comentários

Clique para add um comentário

Comentaí

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mundo

More in Mundo

corona

O vilarejo que ficou milionário

Desce a Letranovembro 25, 2016
karma

Restaurante “pague o que você sente”

Desce a Letranovembro 24, 2016
wifi

Wi-Fi é melhor que sexo e chocolate

Desce a Letranovembro 17, 2016
trump

Trump, camisinha & maconha

Desce a Letranovembro 9, 2016
cocainarosa

Cocaína cor de rosa, peido incendiário e fígado cupido

Desce a Letranovembro 1, 2016
capagirocomenta2

Giro Comenta #2

Desce a Letraoutubro 26, 2016
insta

O pobre milionário do Instagram

Desce a Letraoutubro 25, 2016
capagirocomenta1

Giro Comenta

Desce a Letraoutubro 24, 2016
girogeral

Giro Geral

Desce a Letraoutubro 14, 2016

O Giro de Quinta virou blog! As notícias do Giro Pop e do Giro de Quinta apresentadas pelo Cauê Moura no canal Desce A Letra viraram o BLOG GIRO DE QUINTA!

Notícias do mundo pop, notícias bizarras e material exclusivo do blog.

 

 


Hospedado por


Desenvolvido por

Copyright © 2016 Zebra Zumbi - Notícias do Giro de Quinta por Desce a Letra.